29 de setembro de 2009

RELATÓRIO:12 - OFICINA: TP01 - OFICINA DE LEITURA E INTERTEXTO

Área:Língua Portuguesa TP:01 Data:29-agosto/09
Formadora: Ester Schiavi do Nascimento
Coordenadora- Nilce Romero Lucchese

A oficina do Programa Gestão da Aprendizagem Escolar – Gestar II, foi realizada no dia vinte e nove de agosto de dois mil e nove, na Escola Estadual São Francisco em Campo Grande – MS. Às sete horas e trinta minutos iniciamos a oficina socializando as atividades, Avançando na Prática das Unidades 3 e 4 – “Os textos como centro do ensino da língua”, desenvolvidas pelos cursistas com seus respectivos estudantes em sala.
Seguimos fazendo a dinâmica do tangram quebra-cabeça, dispusemos as figuras geométricas no centro da sala e pedimos que cada cursista escolhesse uma cor para desenvolver a proposta. Assim fizeram grupos de dois e montaram a figura de maneira que não poderiam virar o lado colorido do papel. Depois de pronto os cursistas observaram o outro lado da folha, que tinha a letra de uma música, e a partir dela criaram uma atividade e expuseram para sala.
Fizemos aplicabilidade do assunto: “Oficina de leitura e intertextualidade”, com apresentação em data show. Trabalhamos sobre a importância das oficinas de leitura e produção de texto para dirigir o educando com maior aproveitamento. Conceituamos: leitura, leitor e interlocutor; apresentamos várias imagens para entendimento de leitura: cruzamentos - rede de significados e rede de imaginação; analisamos argumentação X narração; intergenericidade X intertextualidade tipológica nos textos: “O Gato Feio ”, “O carteiro chegou ” “Outras Vidas ” ; ocorrências de: alusão a um provérbio e forma estereotipada; a uma frase histórica; a uma fórmula religiosa; a uma fórmula literária; a uma frase de canção; a um título de uma obra literária; a uma frase de canção; a uma frase de canção; a um título de uma obra literária; a um título de filme; a um título de jornal; citação; paródia; e paráfrase.
Na abordagem da aula, os cursistas fizeram várias intervenções exemplificando com experiências vivenciadas. A aula seguiu com inferências e questionamentos do formador para deixar o assunto mais conciso.
Após o intervalo fizemos a dinâmica da cobra, no pátio da escola, para refletirmos sobre trabalho em equipe
E para fechamento da oficina assistimos um slide de Jessier Quirino para refletirmos sobre variantes lingüísticas e conhecimento de mundo.
Finalizamos o curso com explanação e direcionamento das próximas Unidades TP2.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog pantaneiro

Não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão >Paulo Freire